Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Flamengo
  1. Flapress

Museu Flamengo: Homenagem às vítimas do Ninho do Urubu

Por Redação Flapress em 09/06/2024 04:10

O Museu Flamengo e a Tragédia do Ninho do Urubu

Após a tragédia que assolou o Ninho do Urubu em 2019, o Flamengo criou um espaço em seu museu para homenagear os 10 jovens atletas que perderam suas vidas. As camisas dos garotos, com os nomes voltados para o público, eram um testemunho comovente de suas vidas interrompidas.

Homenagem Contida

No entanto, o museu reinaugurado há 10 meses não exibe mais essa homenagem. As camisas foram guardadas no acervo do clube, enquanto uma capela ecumênica construída no local do incêndio é considerada pelo Flamengo como um tributo suficiente às vítimas.

Acesso Restrito

A capela, localizada onde antes ficavam os contêineres incendiados, abriga 10 nichos iluminados representando cada uma das vítimas. No entanto, o acesso externo é restrito, limitando o público que pode testemunhar essa homenagem.

Perspectivas Futuras

O museu atual exibe a rica história do Flamengo , mas não há planos imediatos para incorporar a homenagem às vítimas do Ninho do Urubu. Um projeto de expansão, previsto para 2025, pode incluir um segundo andar, mas ainda não há garantia de que o assunto será abordado.

O Impacto da Tragédia

Os nomes das vítimas, que tinham entre 14 e 16 anos, permanecem gravados na memória da nação: Athila Paixão, Arthur Vinícius, Bernardo Pisetta, Christian Esmério, Gedson Santos, Jorge Eduardo, Pablo Henrique, Rykelmo Vianna, Samuel Thomas e Vitor Isaías.

Considerações Finais

A omissão da homenagem às vítimas do Ninho do Urubu na exposição renovada do Museu Flamengo levanta questões sobre a importância de preservar a memória de eventos trágicos. Embora a capela ecumênica ofereça um espaço para reflexão, a acessibilidade limitada e a ausência de uma menção explícita no museu podem deixar um vazio para aqueles que buscam um testemunho tangível da perda sofrida por tantos.

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários: